Cartões de plástico ganham novo destino com máquina da Unimed Maringá

Alinhada a sua missão de responsabilidade socioambiental, a Unimed Maringá está disponibilizando duas máquinas ‘papa-cartão’. Trata-se de um sistema de coleta desenvolvido para triturar com segurança cartões plásticos inutilizados. São duas máquinas coletoras, uma instalada na sede da cooperativa e outra itinerante. O projeto é uma parceria entre Unimed Maringá, Instituto Unimed e Fundacim. Tanto que a unidade itinerante será instalada, primeiramente, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), já que a Fundacim é o braço socioam biental da ACIM.
Nosso objetivo é contribuir para o descarte adequado, evitando que esse material vá para o lixo comum e traga prejuízos ao meio ambiente”, explica Dina Dolis, responsável pelo Instituto Unimed Maringá.
        A máquina tem um sistema simples e não precisa de energia elétrica para funcionar. Por meio de uma manivela, a pessoa que deposita o cartão consegue cortá-lo em sete tiras, o que garante a segurança dos dados. Além disso, há um dispositivo de contagem, que calcula o número de cartões armazenados. Cada uma tem capacidade para receber até duas mil unidades. “São aceitos todos os tipos de cartões plásticos, sejam do plano de saúde, crachás ou de crédito”, explica.
        Segundo o presidente do Instituto e da Unimed Maringá, Daoud Nasser, o objetivo em primeiro lugar é cuidar da saúde ambiental. “Com a máquina, vamos transformar o cartão em algo sustentável e realizar a logística reversa, ou seja, destinar de forma correta o que produzimos e por consequência reciclar ou reaproveitar o objeto”.
        Todo o material coletado será enviado para uma empresa especializada em São Paulo, que transformará os resíduos em produtos como suporte para copos, porta-canetas, pranchetas, capas para agendas e até novos cartões. Segundo Dina, a aquisição das máquinas foi feita pensando na grande quantidade de cartões que a cooperativa fornece aos clientes. “Precisamos adotar práticas sustentáveis, por isso, a Unimed Maringá, por meio de seu braço socioambiental, o Instituto Unimed, se propôs a oferecer a comunidade a possibilidade de minimizar os impactos ao meio ambiente”, diz.& lt; /font>
        Uma parceria será assinada nesta segunda-feira (dia 11), às 19 horas, entre a Fundacim, Unimed Maringá e Instituto Unimed – a assinatura será na sede da ACIM. Os locais da máquina itinerante serão decididos entre os três parceiros.

Cartões de plástico ganham novo destino com máquina da Unimed Maringá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *