Em abril se celebra o Dia Mundial da Saúde

Alimentação saudável, equilíbrio emocional e movimento do corpo: este é o tripé da qualidade de vida e do bem-estar. O dia 7 de abril é dedicado à saúde, por isso, nada melhor do que revisar os hábitos e, aos poucos, mudar práticas nocivas à saúde. 

De acordo com o médico da família da Unimed Maringá, Juliano Yoshizawa, carboidrato e gorduras em excesso, assim como noites mal dormidas e prática não regular de exercícios físicos são alguns dos vilões da vida saudável. 

De acordo com o médico, manter alimentação adequada é um dos principais fatores que permite o bom funcionamento do organismo. “Uma dieta equilibrada traz muitos benefícios, tanto para o corpo quanto para a mente. Além disso, contribui para diminuir o risco de doenças como hipertensão, diabetes e câncer”, diz. 

A saúde mental também é fator importantíssimo para o bem-estar. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), os transtornos mentais são a principal causa de incapacidade no mundo. Já no Brasil as doenças neuropsiquiátricas representam quase 20% do total de adoecimentos. 

A dica do médico para quem quer ter uma vida saudável é buscar o equilíbrio no dia a dia. “Não adianta manter uma dieta adequada de segunda a sexta-feira e nos finais de semana exagerar na comida e bebida. Assim como não adianta dormir mal quase todos os dias e tentar ‘recuperar’ dormindo o dia todo no domingo. Também não dá para ficar em casa o mês inteiro e de repente querer correr 15 quilômetros”, alerta.

O segredo é não ter pressa, mas procurar evoluir e nunca perder o foco do objetivo final. “Toda mudança de hábito gera desconforto, o que é absolutamente normal e aceitável, mas persista para colher os frutos de ter uma vida plena e saudável”. 

Em abril se celebra o Dia Mundial da Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *