Nesta sexta Sicredi realiza três últimas assembleias de núcleos

Nesta sexta-feira (dia 9) a Sicredi União PR/SP promove as três últimas assembleias de núcleos para apresentar os resultados de 2017. Às 11 horas será realizado o evento de prestação de contas em Ivatuba, no Country Clube. Já às 19 horas ocorrem duas assembleias simultâneas, uma em Doutor Camargo, no salão paroquial, e outra em Maringá, no Parque de Exposições. Em Maringá/PR, a expectativa é receber mil associados da agência Centro.

Com isso, a instituição financeira cooperativa encerra as 76 assembleias de núcleos, uma para cada agência da área de atuação, que é o norte e noroeste do Paraná e centro-leste paulista. As 65 primeiras assembleias tiveram a participação de mais de 30 mil associados – a título de comparação, esses eventos tiveram a participação de 24.030 pessoas no ano passado.

Nas assembleias são apresentados os números positivos de 2017. Por exemplo, o número de associados da Sicredi União saltou de 134.302 para 164.919, ou seja, foram abertas mais de 30 mil contas. Os ativos totais saltaram de R$ 2,68 bilhões para R$ 3,28 bilhões, crescimento de 22,2%. Já os recursos totais foram ampliados, entre 2016 e 2017, de R$ 1,93 bilhão para R$ 2,36 bilhões, ou seja, tiveram acréscimo de 22,7%.

O balanço de 2017 é motivo de orgulho. “Em média temos dobrado de tamanho a cada três anos. E no ano passado mantivemos nosso crescimento acelerado, sem perder de vista o comprometimento de entregar produtos e serviços financeiros de acordo com as necessidades dos associados, e continuamos investindo em programas sociais que impactam cem mil pessoas”, diz o presidente, Wellington Ferreira. Ele reforça que a instituição financeira cooperativa tem um plano de expansão que prevê chegar a 300 mil associados, 110 agências (hoje são 78) e ativos totais de R$ 5 bilhões em 2020.

Na prestação de contas são apresentados o relatório de gestão, o demonstrativo de resultados (sobras), bem como a destinação desses resultados. Também são discutidas a destinação de recursos do Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates), a aprovação da política de sucessão determinada pelo Banco Central, a retificação da aquisição de bens imóveis não circulantes, entre outros assuntos.

No dia 15 de março a Sicredi União realiza a Assembleia Geral Ordinária voltada para os coordenadores dos 122 núcleos da instituição financeira cooperativa. Será às 19 horas, na Acema, em Maringá.

NOTÍCIAS

  • 09/08/2018 - 17:37:45
    No Dia dos Pais, eles ganham caricatura no Maringá Park

    Os papais que almoçarem no Maringá Park neste domingo (12), dia dos Pais, vão ganhar uma caricatura no shopping. A ação vai ocorrer das 12 às 16 horas na praça de alimentação.

    O responsável pelas caricaturas será o artista Rafael Camargo, que atua profissionalmente desde 2002. Além de caricaturas, ele também desenvolve mascotes, passando por ilustração de peças publicitárias e gibis. Alguns os trabalhos dele são encontrados no site www.rafaelcaricaturas.com.br.

    Participação

    Para ganhar uma caricatura, o cliente deve apresentar uma nota de consumo da praça de alimentação.

  • 09/08/2018 - 17:36:49
    Maringá Park e Camicado oferecem curso de gastronomia para ‘pais gourmet’

    O Maringá Park e a loja Camicado oferecem nesta semana workshops de gastronomia voltados ao público masculino e inspirados no Dia dos Pais. Os cursos ocorrem desta até sexta-feira (10) no interior da loja, no 3º piso, sempre às 19 horas. A participação é gratuita.

    Entre as opções de cursos estão degustação de cachaças e aperitivos, como linguiças artesanais, harmonização de vinhos e queijos premiados, workshop de carnes nobres e cordeiro, com a presença de um especialista em cortes, e workshop de massas artesanais e molhos.

    O chef Cláudio Jr. será o responsável pelas aulas. Especialista em gastronomia, ele destaca que a programação foi pensada para o público masculino exigente. Por isso, segundo ele, foram fechadas parcerias com fornecedores de produtos de alta qualidade.

    Para participar é preciso confirmar presença pelo telefone (44) 3302-9130.

    Programação

    08/08 – Harmonização de vinhos e queijos

    09/08 – Workshop de carnes nobres e cordeiro

    10/08 – Workshop de massas artesanais e molhos

  • 09/08/2018 - 17:36:04
    Thiago Ramalho é escolhido Jovem Empreendedor 2018

    O diretor-executivo da Gela Boca Sorvetes, Thiago Ramalho, foi escolhido nesta terça-feira (dia 7) Jovem Empreendedor 2018, prêmio concedido pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), por meio do seu conselho de jovens empresários e executivos, o Copejem. Ramalho começou a trabalhar cedo, aos dez anos, como caixa na sorveteria da família e foi galgando novos cargos.

    Ramalho esteve à frente do processo de reposicionamento da empresa, em 2010, que passou a difundir o conceito de oferecer uma sobremesa de qualidade. Também comandou o processo de abertura de franquias, com a criação do manual do franqueado, treinamento aos parceiros de negócios e acompanhamento dos indicadores das novas lojas. Hoje a Gela Boca tem 50 unidades em 22 cidades. Além disso, a empresa conta com uma nova marca, a Ultraçaí, com distribuidores e clientes no Paraná, São Paulo e Paraguai.

    O jovem empreendedor é casado com Nadjila e pai de Maria e Laura. Foi conselheiro do Copejem, diretor do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, participou da constituição da Associação de Franqueadores e Empresários do Paraná (Afepar) e é vice-presidente de assuntos de franquias na ACIM.

    Ele foi escolhido por uma comissão julgadora do qual fizeram parte representantes do Copejem, ACIM, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Sindicato do Comércio Varejista de Maringá e Região (Sivamar), Sindicato dos Jornalistas, prefeitura, Câmara Municipal, Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem) e Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

    A comissão escolheu o nome de Ramalho depois que 11 entidades indicaram jovens empresários e empreendedores. O homenageado deve ser proprietário ou executivo de empresa de qualquer segmento, com no mínimo três anos de atividade e crescimento significativo no último ano, ter no máximo 40 anos e apresentar trajetória de sucesso corporativo, além de ter participação ativa na vida comunitária e não atuar nem estar concorrendo a cargo público.

    A cerimônia de entrega do prêmio será decidida em conjunto pela organização e homenageado. No ano passado o ganhador foi Felipe Bernardes, sócio da SVN Investimentos. Criado em 2007, o prêmio já homenageou também Júlio Bertuci Neto (Bertuci e Garcia Engenheiros Associados e Bertuci Construções Civis), Mauricio Real Prado (WRA Gestão em Tecnologia da Informa& ccedil;ão), Michael Vieira da Silva (O Diário do Norte do Paraná), Charles Piveta Assunção (Strut), Michel Felippe Soares (Patrimonium e Alltech Rastreamento Veicular), Antonio Carlos Braga Júnior (CRMall e Automaticket), Wilson de Matos Silva Filho (Unicesumar), Cezar Couto (Lowçucar) e João Vitor Mazzer (Euphoria Eventos e Formaturas).

  • 09/08/2018 - 17:35:19
    Peça “Qual vai ser?” aborda educação financeira

    Nesta quinta-feira (09), às 19 horas, a peça teatral “Qual vai ser?” será apresentada no Teatro Reviver, de Maringá. Este é o segundo ano consecutivo que o Sicredi e o Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, promovem o espetáculo voltado para jovens, em especial para os que estão concluindo o ensino médio. A apresentação mistura a linguagem da comédia com o stand-up por meio da interação dos atores com a plateia.

    Produzida pela Liga Produção Cultural, com trilha sonora de Renato Mendonça, texto de Dedé Ribeiro e direção de Daniel Colin, a peça tem duração de 55 minutos e narra a trajetória de Daniel, um adolescente que, ao terminar o ensino médio, tem de decidir entre assumir o pequeno armazém da família ou ir para a universidade.

    Este, porém, não será seu único desafio. Ele também terá de lidar com a Tuca, sua irmã viciada em compras, que está endividando a família. Assim, mais do que abordar as dificuldades enfrentadas pelos jovens em relação ao futuro profissional, o espetáculo também abrange a educação financeira e ainda destaca o trabalho em cooperação, tão importantes no cotidiano familiar.

    Com formato itinerante, este ano a peça percorrerá 80 cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Goiás, Acre e Mato Grosso do Sul. Em Maringá, a expectativa é que cerca de cem jovens assistam ao espetáculo.

    Serviço

    Peça: “Qual vai ser?

    Dia: 09 de agosto (quinta-feira)

    Horário: 19 horas

    Local: Teatro Reviver – Praça Todos os Santos, s/n – Zona 2, Maringá – PR

  • 09/08/2018 - 17:34:24
    Projeto do Conseg viabiliza 1500 cursos, inclusive de graduação, para policiais e familiares

    Em sete anos, o projeto Reconhecer do Conselho Comunitário de Segurança de Maringá (Conseg) viabilizou 1.500 cursos gratuitos, inclusive de graduação, para policiais e familiares de órgãos públicos ligados ao Sistema de Defesa Social e Segurança Pública de Maringá. Isso representa isenção de mais de R$ 3,5 milhões. Só neste ano foram ofertadas cem vagas por meio da parceria com o Senac, Colégios Anglo, Nobel e U nicesumar.

    As vagas são ocupadas por agentes de Trânsito, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual e Sistema Penitenciário. “O objetivo é valorizar e reconhecer o profissional, viabilizando a capacitação e o aperfeiçoamento. São oportunidades que fazem muita diferença para os policiais e, sem dúvida, é um incentivo ao desenvolvimento de carreira”, afirma o coronel Antônio Tadeu Rodrigues, presidente do Conseg.

    Interessados podem escolher entre cursos pré-vestibular, profissionalizantes, graduação ou pós-graduação. Para isso, o Conseg faz a indicação via ofício à instituição de ensino para, então, ser aprovada a isenção no curso. A 1ª tenente do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá (4ºBPM), Kelly Cristina Camargo Chagas, é uma das beneficiadas. Ela cursa o terceiro ano de Psicologia na Unicesumar.

    “Comecei a graduação em Curitiba e pagava a mensalidade. Depois de um ano fui transferida para Maringá e, aqui, ganhei a bolsa integral pelo projeto. É um apoio muito significativo porque garante que a gente consiga concluir a graduação. Muitos policiais estão conseguindo estudar por causa desse incentivo”, comenta.

    Kelly avalia que o conhecimento adquirido no curso tem contribuído para a melhora de sua atuação tanto no ambiente organizacional quanto no gerenciamento das ocorrências. “Outra vantagem é que o curso superior conta ponto para ascender na carreira e facilita o direcionamento para cargos relacionados à formação”, completa.

No Comments

Post a Comment