Técnica renomada treina equipe de basquete sobre rodas de Maringá

Pela segunda vez, a coach Ana Cardoso, que é técnica da Seleção Colombiana de Basquete, veio a Maringá. O objetivo é preparar os atletas da equipe de basquete em cadeira de rodas, o KINGS/UMPM/UEM/MARINGÁ, para a competição Copa Centro/Sul/Sudeste, que será de 18 a 23 de março em Niterói/RJ.
Os treinos com a coach começaram na última terça-feira (5) e seguem até sexta-feira (8) no Ginásio do curso de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá (UEM), das 9h às 12 horas e das 15h às 18 horas. Depois ela retorna para a Colômbia e volta para o Brasil na véspera da competição. “Durante as folgas dos treinos da Seleção Colombiana me divido entre a família e a equipe de Maringá, porque sei que esse projeto é bem estruturado e tem foco na valorização do atleta”, comenta.
Oito vezes campeã brasileira, ela dirige as seleções colombianas masculina e feminina e está recuperando o prestígio do basquete em cadeira de rodas daquele país. “Tem atletas colombianos, que estavam jogando em outros países, que já estão pedindo para ser convocados diante da seriedade do trabalho que estamos desenvolvendo”, afirma.
Para a equipe de Maringá ela traz a mesma seriedade e qualidade. “A transparência com que as decisões são tomadas aqui me fez apostar no trabalho de longo prazo e, apesar das dificuldades na captação de recursos, quero crescer junto com a equipe maringaense”, justifica Ana.
Segundo o diretor da equipe, Eurides Roque de Oliveira, o projeto já tem reconhecimento nacional e internacional e até recebeu convites para representar outras cidades na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. “Mas optamos por subir de divisão ano a ano como fizemos no Campeonato Paranaense, no qual fomos campeões da 2ª divisão em 2016 e da 1ª divisão em 2017 e 2018”.
O professor e coordenador do projeto, Decio Calegari, destaca que além do esforço dos atletas, os resultados positivos são alcançados graças à ajuda dos apoiadores. Ele informa que a UEM viabiliza a infraestrutura para os treinamentos, fornecendo local, materiais e equipamentos. Já a Secretaria de Esportes de Maringá faz o pagamento das taxas federativas e de viagens. A equipe conta ainda com o Ministério Público do Trabalho e com 20 empresas que participam do Projeto Lei de Cotas para Pessoa com Deficiência (PcD).
Mais informações sobre a equipe maringaense de basquete em cadeira de rodas podem ser obtidas com o diretor Eurides Roque de Oliveira, pelo telefone (44) 99964-3913.

Técnica renomada treina equipe de basquete sobre rodas de Maringá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *